Quinta-feira, 5 de Março de 2009

Gato escaldado de água fria tem medo

Decisões. 

Banalidades que ganham um outro sentido quando  tem consequências indefinidas.

Ir ou não ir eis a questão.

Decidi, não vou. Era complicado implicava tanta coisa. Mas no fundo acaba por não ser isto ou aquilo que me impede de ir. Não é a liberdade, não é o transporte, não os outros eventos sociais, é tudo .. uma soma de situações numa multiplicação de factores emocionais.  

Não é por ti, nem por ele. Na verdade acho que a vida me deixou queimada.

Conheço-te o minimo suficiente para me consciencializar do resultado de um sim. Temo por mim, porque a vida se mostrou a mim duma determinada maneira e não de outra, aprendi a desconfiar do que parece perfeito ... tu pareces perfeito e como coisas perfeitas sempre me desiludem prefiro nem me iludir e se é para não me iludir é melhor manter uma certa distância de segurança.

Talvez se ele não existisse tão firme na minha vida as coisas fossem diferentes, talvez arriscasse.Talvez se as circunstâncias fossem outras eu apostasse no sim. 

Mas as coisas sendo assim e não de outra maneira fujo da perfeição ... já me escaldei agora tenho medo.

Pedi-lhe opinião apesar de ainda hoje me arrepender tão profundamente de ter tomado em considaração os seus concelhos noutros tempos mas sinto que desta vez ela tem mesmo razão.

Não arrisco.

Tenho pena de não poder consolidar os meus desejos de outrora mas virão mais hipóteses disso agora é só o começo. Um começo onde tenho mais a perder do que a ganhar.

Não fiques chateado comigo nem magoado, não é vingança, é coincicidência. Para a próxima será diferente meu bem. Quando estiver preparada para aguentar com as consequências dos meus actos.

 

 

sinto-me: confusa
música que me está a dançar na cabeça: Gilberto Gil - vamos fugir
publicado por sombra esquecida às 12:44
link | partilhar palavras | adicionar aos tais

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.museu

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.palavras fresquinhas

. Ela e Ele

. Amor pede amor

. Confissões da vida

. ...

. Pensamentos de um louco -...

. crónicas de um amor ausen...

. Perdida na madrugada

. Pensamentos soltos

. Crónicas de um ressacado ...

. A Saudade

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub