Quarta-feira, 4 de Junho de 2014

Amor pede amor

Acreditava que eras a pessoa certa em mil, que não adientava procurar porque te tinha encontrado e amava-te mas e tu?

Será que amas todos os dias? Quando acordo de mau humor e despenteada amas-me? Quando deixo queimar o jantar ou esqueço de fazer o almoço? Amas-me quando estou doente ou deprimida? Quando estou naquela altura do mês ou quando choro cumpulsivamente ou quando cômo de forma desenfreada lambusando-me, sujando-me e sorrindo no fim com aquele pedacinho de comida nos dentes?

Sabes quero mesmo alguém que me ame quando sou eu propria ou quando tudo o que tenho para oferecer é o pior de mim. Alguém que me ame nos meus silêncios, nas minhas birras, na minha tagarelice, nas minhas ironias. Que me ame quando danço mal, quando não paro em casa  e quando me isolo. Quero amar alguem que me ame longe e perto, que me ame quando engordo e quando a celulite aparece, que me ame quando aquela borbulha teima em aparecer vermelha mesmo na ponta do nariz. Preciso de amor, mas aquele amor romantico, daquele que gruda, que enjoa, mas que liberta, que faz rir e caminhar sem pisar o chão. O Inverno passou e com ele julguei que a saudade também passaria, mas ela não passou, aumentou, dobrou, triplicou e agora sinto-a de forma sufocante e inebriante, faz me falta aquele nosso amor de cinema, amor de lareira, amor de praia, amor de hotel, amor de discoteca e de padaria, amavamo-nos em todo lado com toda a emoção, em qualquer circuntancia e o que eu queria agora era esse amor, de ficar colado, agarrado, abraçado, sem palavras, com milhoes respirações e batimentos cardiacos suaves embrulhados em cafunés até adormecer. Ama-me de novo e para sempre.

sinto-me: ansiosa
música que me está a dançar na cabeça: Sozinho- Caetano Veloso
publicado por sombra esquecida às 00:55
link | partilhar palavras | adicionar aos tais

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.museu

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.palavras fresquinhas

. Ela e Ele

. Amor pede amor

. Confissões da vida

. ...

. Pensamentos de um louco -...

. crónicas de um amor ausen...

. Perdida na madrugada

. Pensamentos soltos

. Crónicas de um ressacado ...

. A Saudade

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub